Consejos de descanso

É bom adormecer o bebé nos braços?

¿Es bueno dormir al bebé en brazos?

Há quem lhe diga que adormecer o bebé nos braços é uma má prática, pois existe a ideia - errónea - que pode estar a mimá-lo e que isso não o ajuda a adormecer sozinho no berço, pois irá sempre precisar de si e do seu abraço para poder dormir.

No entanto, se o bebé precisa disso para dormir, não se preocupe. É normal que os bebés, principalmente nos primeiros meses de vida, durmam melhor e por mais tempo se dormirem ao seu lado.

Deve ter em conta que os bebés precisam da nossa atenção, interesse e cuidados, sendo totalmente dependentes dos pais para sobreviver. A forma como se sentem mais seguros é através do contato físico. É por isso que muitos deles, quando se sentem sozinhos à noite, choram exigindo a atenção dos pais. Eles choram porque precisam sentir o calor do seu peito e dos seus braços, da sua voz e até do seu cheiro. Adormecer o bebé nos braços é um gesto natural para os pais e necessário para os bebés.

Os braços fortalecem a sua segurança

Não há risco de criar maus hábitos no seu filho se ele só conseguir adormecer nos seus braços, principalmente nos primeiros seis meses de vida. Pelo contrário, é benéfico porque o ajudará a fortalecer a sua segurança interior.

Na verdade, o corpo do bebé foi criado para adormecer nos braços. As costas do recém-nascido ainda estão curvadas como quando ele estava dentro do ventre da mãe. E não é bom endireitá-lo de repente. É por isso que os braços são a melhor opção para adormecer o bebé.

Da mesma forma, quando estão dentro do útero, os bebés sentem a mãe a cada momento através dos batimentos cardíacos, ouvindo sua voz, sentindo sua respiração, etc. Por isso, precisam dos braços da mãe para sentir novamente aquela sensação que vivenciavam antes de nascer, uma sensação de total segurança e tranquilidade.

É um processo natural que não dura para sempre.

Não se preocupe, eles nem sempre precisarão de si. À medida que crescem, desenvolvem-se emocionalmente e aumentam a sua autonomia, os bebés demonstram maior distanciamento dos pais.

Os seus ciclos de sono e vigília irão tornar-se regulares e precisarão cada vez menos das suas canções de dormir ou abraços para adormecer. É um processo natural que não pode ser acelerado, embora seja verdade que cada bebé tenha um ritmo de maturação diferente e o que pode demorar alguns meses para alguns pode levar anos para outros.

Para acompanhá-lo nesse processo, recomendamos que você se arme de paciência e amor. O certo é que chegará o dia em que não precisarão mais dos seus braços para dormir.

No entanto, se notar que, apesar dos seus cuidados e mimos, o seu bebé não está a dormir bem, ele ou ela pode estar a sofrer um distúrbio do sono. Nesse caso, recomendamos que vá ao pediatra para uma melhor avaliação.

Fonte: Mejor con salud

Pode estar interessado

¿Cómo elegir las medidas del colchón de cuna?
Cómo saber cuándo tu bebé está cansado
¿Cómo prevenir la cabeza plana en recién nacidos?
¿Qué consecuencias tiene la plagiocefalia?